Estágio para estudantes de Medicina

Ser médico é algo que só se aprende na prática. A importância do conhecimento teórico e científico adquirido na faculdade de Medicina não dispensa as vivências das situações do mundo real para o estudante. Esse choque entre a realidade vivenciada nos estágios e a teoria ensinada nas faculdades é tema constante entre os alunos que já participaram deste programa.

O aluno acompanhará os professores da SOBRAMFA durante sua prática diária em cenários variados: hospitais (clínica médica, cuidados paliativos), casas de repouso, visitas domiciliares. Isso permite ao aluno conhecer de perto a conduta de médicos que tem como princípio básico da sua profissão a medicina centrada na pessoa e não na doença.

Maria Eduarda Podboy Costa Junqueira (FACERES)

A SOBRAMFA tem como ideal a humanização e eles conseguem pregar isso da melhor forma possível. Os preceptores se preocupam em tratar o paciente como um todo e não apenas a doença em si. Foi uma experiência única na minha vida, onde tive um aprendizado pessoal e profissional inigualável. Pra mim, todas as pessoas que estudam medicina devem participar desse programa para aprender como lidar, da melhor forma possível, com os pacientes, seus familiares e com a equipe da saúde que também está envolvida.

Maria Eduarda Podboy Costa Junqueira
FACERES

Jeronimo Rodrigues Lopes Junior (Faculdade de Souza Marques)

O programa da SOBRAMFA é incrível. A didática, o profissionalismo , o humanismo e o comprometimento com o paciente são coisas que nós não aprendemos durante a faculdade, mas de ensino da SOBRAMFA. É o meu segundo ano com a instituição e certamente estarei de volta no ano seguinte.

Jeronimo Rodrigues Lopes Junior
Faculdade de Souza Marques

Marina Teixeira Cerávolo (UNIARA)

A semana que participei do SOBRAMFA foi de muito aprendizado: Desde as discussões e a observação de atendimentos até o fato de acompanharmos a rotina dos médicos, podendo sentir na pele a experiência e algumas dificuldades de também ser um. Além de conhecer cada dia em um cenário diferente, mudando completamente o perfil dos pacientes, das doenças e assim das condutas! Também tive sorte em encontrar médicos muito bons e com didáticas excelentes, todos com muita paciência e compromisso com o ensino!Foi uma experiência que com certeza gostaria de repetir, valeu cada segundo.

Marina Teixeira Cerávolo
UNIARA

Como funciona

O que você vai aprender neste estágio

O estágio oferecido pela SOBRAMFA pode ser realizado por qualquer estudante regularmente matriculado em um curso de Medicina, do 1º ao 6º ano. As atividades acontecem na capital de São Paulo, nos locais de atendimento dos médicos da SOBRAMFA.

O estágio pode ter duração de uma ou duas semanas. Para aqueles que tem possibilidade de fazer um estágio eletivo durante o seu internato na faculdade, existe a modalidade do estágio mensal.

As atividades semanais iniciam-se com o marcapasso científico: reunião semanal de atualização científica na qual todos os médicos da SOBRAMFA participam.

O aluno receberá uma grade de atividades de acordo com o período no qual ele se inscreveu para fazer o estágio.

O ambiente do estágio é dinâmico e o conhecimento adquirido vai além do conteúdo científico, de maneira que você poderá:

  • Observar o cotidiano de uma equipe de médicos que prezam pelo atendimento humanizado
  • Fazer visita na casa do paciente
  • Manejar o paciente internado no Hospital
  • Aprender como lidar com doenças crônicas e prevalentes
  • Entender o manejo do paciente institucionalizado
  • Trabalhar em equipe
  • Técnicas de entrevista médica
  • Como aprimorar a comunicação entre médico e paciente
  • Atuar em equipes de cuidados paliativos

Bianca Dermendjian (UNISA-SP)

O estágio nos abre portas, não somente para a vida profissional, mas aquelas que nós mesmos temos medo de abrir como alunos, pela insegurança e pelo medo. Temos um voto de confiança, que nos leva a procurar saber mais para ter mais autonomia e, com isso, crescer aos poucos. Isso é muito importante.

Bianca Dermendjian
UNISA-SP

Rodrigo dos Santos Fagundes (UNISUL)

O estágio SOBRAMFA abre portas para novas visões sobre a prática médica.O dia-a-dia com a excelente equipe de médicos da SOBRAMFA mostra que o paciente deve ser visto como um todo, desde suas necessidades mais básicas,
como alimentação e relações interpessoais, para que seus processos fisiológicos e suas patologias possam ser mais que entendidos, e sim compreendidos, afim de ser ofertado o melhor tratamento ao paciente.

Rodrigo dos Santos Fagundes
UNISUL

Rodrigo Barnabé Rodrigues (UNI-FACEF)

No curso de Medicina devemos ser estimulados à humanização do atendimento. O estágio observacional é oportuno e soberano, essencial a formação pois permite o trabalho em equipe com diferentes cenários e pessoas de outras instituições de ensino, enriquecendo a troca de habilidades e vivências pessoais.

Rodrigo Barnabé Rodrigues
UNI-FACEF

Informações gerais

Atividades Teóricas

  • Reunião científica: discussão de casos clínicos e artigos científicos.
  • Reunião de Humanismo em Saúde: reunião mensal de educação médica e humanismo (se coincidir com o período do seu estágio).

Atividades Práticas

  • Ambulatório: acompanhamento de pacientes no ambulatório de continuidade, enfoque em atenção primaria, prevenção em saúde, tratamento de múltiplas comorbidades, habilidade em construção de vínculo.
  • Geriatria: atendimento ao idoso  que vive em comunidades.
  • Cuidados Paliativos: Enfoque no aprendizado em cuidar de pacientes sem possibilidade terapêutica, discutir abordagem sobre a morte, dar noticias difíceis, lidar com as incapacidades, tratamento de sintoma.
  • Supervisão de residenciais de idosos com foco em prevenção e gestão de questões do cotidiano.
  • Visitas diárias aos pacientes hospitalizados sob os nossos cuidados. Foco em gestão de crônicos, pacientes complexos e cuidados paliativos.
  • Visitas em hospitais de longa permanência com foco em reabilitação, paliatividade e crônicos.

Sobre o seguro de vida

  • Validade de 1 (um) mês após o início do estágio.
  • Cobertura de morte ou invalidez permanente por acidente.
  • Capital segurado: R$ 10.000,00
  • Seguradora: Porto Seguro

Hospedagem e transporte

Para que você possa aproveitar o máximo do período do estágio, recomendamos que você se hospede em um hotel próximo à sede da SOBRAMFA (caso você não more em São Paulo).

Como as atividades acontecem em lugares diferentes em uma mesma semana (hospitais, casas dos pacientes, casas de repouso e na própria sede da SOBRAMFA), sugerimos que você providencie um meio de transporte caso você não saiba se locomover por São Paulo. Você pode se locomover utilizando o transporte público, táxi ou Uber.

Use o mapa abaixo para encontrar os hotéis próximos à sede da SOBRAMFA (ressaltamos que não temos qualquer relação com esses hoteis):

Sarah Sant’Anna (PUC Goiás)

Obrigada a todos por este período rico, de muito aprendizado, o qual colaborou imensamente para o meu crescimento como acadêmica e como profissional.

Sarah Sant'Anna
PUC Goiás

Letícia Umetsu Yaginuma (UNINOVE – BAURU / SP)

Durante o estágio da SOMBRAMFA, todos os alunos, independente do ano que estão cursando, são convidados a interpretar melhor o significado da humanização dentro do campo da medicina. Logo, ao serem expostos ao cotidiano médico, os alunos vivenciam uma experiência de buscar sentir e compreender as necessidades do outro, a qual é indispensável para a formação médica.

Letícia Umetsu Yaginuma
UNINOVE - BAURU / SP

Patricia da Silva Poiatti (USCS- São Caetano do Sul)

Minha experiência foi muito boa, vendo uma realidade que não estava acostumada e um modo de atender os pacientes bem individual.

Patricia da Silva Poiatti
USCS- São Caetano do Sul

Perguntas frequentes

1. Onde é realizado o estágio?

A cada dia da semana você acompanhará um médico da SOBRAMFA num cenário diferente. O objetivo é mostrar diferentes médicos-professores em cenários variados.

2. É Necessário trazer algum material?

Você deverá trazer jaleco ou roupa branca, e poderá utilizar o seu estetoscópio.

3. Qual o horário do estágio?

As atividades iniciam na segunda-feira as 12:30hs. Nos demais dias da semana as atividades acontecem entre 8:00 e 17:00 hs.

4. Eu recebo certificado por realizar este estágio?

Sim, ao término do estágio, após você enviar a sua avaliação (obrigatória) você receberá o certificado de conclusão.

5. Posso fazer o estágio mais de uma vez?

Sim, mediante agendamento o estágio poderá ser realizado quantas vezes forem do interesse do estudante.

6. O estágio da SOBRAMFA serve como Eletivo para a Faculdade de Medicina?

Sim, você pode fazer o estágio conosco em sua época de estágio eletivo.

7. Eu sou brasileiro(a) mas estudo no exterior. Posso participar do estágio?

Sim! Todo estudante de medicina brasileiro pode participar, mesmo que estude fora do país.

Bernardo Afonso Resende (Estácio Centro Universitário- Ribeirão Preto)

Os médico da SOBRAMFA foi de suma importância para o meu aprendizado;Com eles eu aprendi a lidar com os paciente,trata-los de forma integral e a entender seus sentimentos.Além disso,foi uma semana em que eu pude vivenciar uma grande riqueza de casos e diferentes patologias.Só tenho a agradece-los por essa semana incrível que vocês puderam me proporcionar.Um grande abraço e até logo.

Bernardo Afonso Resende
Estácio Centro Universitário- Ribeirão Preto

Joana Lugli Tolosa (Fac. Med. Jundiai)

Curso desafiador por fazer parte da prática médica de maneira integral em diferentes locais de atuação, como em visitas domiciliares, no ambulatório, nas casas de repouso e nos cuidados paliativos. Além de dar a oportunidade de observar o trabalho de profissionais que se preocupam com o doente como um todo.

Joana Lugli Tolosa
Fac. Med. Jundiai

Maria Eugênia de Paula Pires (Famaz)

A vivência clínica proporcionou perspectivas cognitivas e filosóficas, pelo simples fato de, na maior parte dos casos, lidarmos com cuidados paliativos.Por lidarmos com pessoas, casos e histórias de vida. Com o estágio, aprendi
coisas que nunca achei que aprenderia. As experiências proporcionaram respostas dos preceptores a todos os questionamentos, algo engrandecedor.Sem falar das dicas de atendimento, correções de posturas e condutas
tristemente usuais, histórias sobre cuidado, sobre a dignidade da pessoa humana e a excepcional forma atenciosa de examinar foram muito construtivas. Saí do curso realizada.

Maria Eugênia de Paula Pires
Famaz

Quer ver outras opiniões de quem já participou do estágio?

Veja alguns depoimentos que os alunos escreveram ou confira nossa playlist com algumas opiniões no YouTube.

Inscrição

O processo de inscrição acontece em três etapas simples. Clique no botão a seguir para mais informações.