Estágio para estudantes de Medicina

Ser médico é algo que só se aprende na prática. A importância do conhecimento teórico e científico adquirido na faculdade de Medicina não dispensa as vivências das situações do mundo real para o estudante. Esse choque entre a realidade vivenciada nos estágios e a teoria ensinada nas faculdades é tema constante entre os alunos que já participaram deste programa.

O aluno acompanhará os professores da SOBRAMFA durante sua prática diária em cenários variados: hospitais (clínica médica, cuidados paliativos), casas de repouso, visitas domiciliares. Isso permite ao aluno conhecer de perto a conduta de médicos que tem como princípio básico da sua profissão a medicina centrada na pessoa e não na doença.

Gostei muito do estágio na parte de cuidados paliativos. Na minha faculdade não havia tido muito contato com esse tipo de paciente. E os que eu tive contato, eles não tiveram um tratamento apropriado como pude aprender com vocês.

Natália Cristina Zorzenon
Nove de Julho

A vivência clínica proporcionou perspectivas cognitivas e filosóficas, pelo simples fato de, na maior parte dos casos, lidarmos com cuidados paliativos.Por lidarmos com pessoas, casos e histórias de vida. Com o estágio, aprendi
coisas que nunca achei que aprenderia. As experiências proporcionaram respostas dos preceptores a todos os questionamentos, algo engrandecedor.Sem falar das dicas de atendimento, correções de posturas e condutas
tristemente usuais, histórias sobre cuidado, sobre a dignidade da pessoa humana e a excepcional forma atenciosa de examinar foram muito construtivas. Saí do curso realizada.

Maria Eugênia de Paula Pires
Famaz

“A sustentação de uma relação personalizante está na dependência de atitudes que incluem afeto, dedicação e entusiasmo por parte do médico, que faz com que o paciente se sinta cuidado”. Talvez essa seja a frase que melhor sintetizaria a experiência que, durante uma semana, tive com os profissionais da SOBRAMFA, em especial com o Dr. Vinícius. Afeto. Sim, esse simples e belo sentimento com certeza enxuga o coração dos médicos que na instituição trabalham. Dedicação. Todo profissional, independe da área em que ele trabalha, acho que teria que ter o máximo possível dessa virtude. De fato, dedicação é algo que acredito que todos os médicos da SOBRAMFA possuem, sem dúvida alguma. O respeito aos horários de início do trabalho, respeito aos horários das consultas, o comprometimento com o serviço e a preparação antes de algum evento (como a reunião que tivemos com as gestantes) são alguns dos casos que demonstram a dedicação que tais profissionais possuem em relação aos seus compromissos. Entusiasmo. Esse, com certeza, é o estado em que todos, literalmente todos, os profissionais da SOBRAMFA se encontram durante seus trabalhos. É na disposição para ir trabalhar, na calma para responder perguntas, mesmo se elas já tenham sido feitas, na paciência para lidar com qualquer tipo de paciente, na felicidade de cumprimentar as pessoas. Sempre com um sorriso estampado no rosto, os médicos me mostraram que a melhor forma de trazer conforto aos seus pacientes é dando a eles carinho, atenção e se mostrando dispostos a ajuda-los.

Enzo Mugayar Campanholo
Pontifícia Universidade Católica de Goiás

Como funciona

O que você vai aprender neste estágio

O estágio oferecido pela SOBRAMFA pode ser realizado por qualquer estudante regularmente matriculado em um curso de Medicina, do 1º ao 6º ano. As atividades acontecem na capital de São Paulo, nos locais de atendimento dos médicos da SOBRAMFA.

O estágio pode ter duração de uma ou duas semanas. Para aqueles que tem possibilidade de fazer um estágio eletivo durante o seu internato na faculdade, existe a modalidade do estágio mensal.

As atividades semanais iniciam-se com o marcapasso científico: reunião semanal de atualização científica na qual todos os médicos da SOBRAMFA participam.

O aluno receberá uma grade de atividades de acordo com o período no qual ele se inscreveu para fazer o estágio.

O ambiente do estágio é dinâmico e o conhecimento adquirido vai além do conteúdo científico, de maneira que você poderá:

  • Observar o cotidiano de uma equipe de médicos que prezam pelo atendimento humanizado
  • Fazer visita na casa do paciente
  • Manejar o paciente internado no Hospital
  • Aprender como lidar com doenças crônicas e prevalentes
  • Entender o manejo do paciente institucionalizado
  • Trabalhar em equipe
  • Técnicas de entrevista médica
  • Como aprimorar a comunicação entre médico e paciente
  • Atuar em equipes de cuidados paliativos

Aprendizado é a palavra chave do estágio, um leque de aprendizado e experiências essenciais para formar um médico humano. Acredito que a faculdade nos faz médicos, mas nem sempre para praticar uma medicina humanistas. São nessas vivências que nossas escolhas se afloram. Vivenciei ao lado de um paciente a alegria e de outro o sofrimento temeroso e no papel exemplar dos médicos da SOBRAMFA a medicina holística sendo exercida. Acompanhar os médicos foi um aprendizado que nenhuma sala de aula iria me proporcionar, recomendo para todos os estudantes de medicina que tiver a oportunidade.

Camila Di Francesco Cocitta
Lusiadas

O meu curso durou uma semana mas foi como se tivesse durado uma vida. Eu aprendi coisas que durante meus 2 anos de faculdade não foi ensinado. Eu aprendi sobre humanização e sobre a sua importância. Importância essa que dentro da faculdade é somente comentada. Aprendi a lidar com pessoas, o que na faculdade, infelizmente, não anda acontecendo. A medicina anda sendo robotizada. Nas provas atendo e diagnóstico, muitas vezes, bonecos. Tenho perdido o contato com pessoas e, é justamente por isso que eu tinha escolhido o curso. Recomendo a todos fazerem esse estágio, voltarei com certeza.

Isabelle Fonseca Sirotheau Corrêa
Famaz

Curso desafiador por fazer parte da prática médica de maneira integral em diferentes locais de atuação, como em visitas domiciliares, no ambulatório, nas casas de repouso e nos cuidados paliativos. Além de dar a oportunidade de observar o trabalho de profissionais que se preocupam com o doente como um todo.

Joana Lugli Tolosa
Fac. Med. Jundiai

Informações gerais

Atividades Teóricas

  • “Marca-passo” científico: discussão de casos clínicos e artigos científicos (que chamamos de “Academos”).
  • Participação nas Reuniões de Raciocínio Clínico toda segunda terça-feira do mês às 19h30. São reuniões conduzidas por estudantes de medicina de diversas faculdade. Os médicos atuam apenas como supervisores do processo (se coincidir com o período do seu estágio).
  • Marcapasso de construção: reunião mensal de educação médica e humanismo (se coincidir com o período do seu estágio).

Atividades Práticas

  • Ambulatório: acompanhamento de pacientes no ambulatório de continuidade, enfoque em atenção primaria, prevenção em saúde, tratamento de múltiplas comorbidades, habilidade em construção de vínculo.
  • Geriatria: atendimento ao idoso  que vive em comunidades.
  • Cuidados Paliativos: Enfoque no aprendizado em cuidar de pacientes sem possibilidade terapêutica, discutir abordagem sobre a morte, dar noticias difíceis, lidar com as incapacidades, tratamento de sintoma.
  • Supervisão de residenciais de idosos com foco em prevenção e gestão de questões do cotidiano.
  • Visitas diárias aos pacientes hospitalizados sob os nossos cuidados. Foco em gestão de crônicos, pacientes complexos e cuidados paliativos.
  • Visitas em hospitais de longa permanência com foco em reabilitação, paliatividade e crônicos.

Sobre o seguro de vida

  • Validade de 1 (um) mês após o início do estágio.
  • Cobertura de morte ou invalidez permanente por acidente.
  • Capital segurado: R$ 10.000,00
  • Seguradora: Bradesco Seguros

Hospedagem e transporte

Para que você possa aproveitar o máximo do período do estágio, recomendamos que você se hospede em um hotel próximo à sede da SOBRAMFA (caso você não more em São Paulo).

Como as atividades acontecem em lugares diferentes em uma mesma semana (hospitais, casas dos pacientes, casas de repouso e na própria sede da SOBRAMFA), sugerimos que você providencie um meio de transporte caso você não saiba se locomover por São Paulo. Você pode se locomover utilizando o transporte público, táxi ou Uber.

Use o mapa abaixo para encontrar os hotéis próximos à sede da SOBRAMFA (ressaltamos que não temos qualquer relação com esses hoteis):

O programa da SOBRAMFA é incrível. A didática, o profissionalismo , o humanismo e o comprometimento com o paciente são coisas que nós não aprendemos durante a faculdade, mas de ensino da SOBRAMFA. É o meu segundo ano com a instituição e certamente estarei de volta no ano seguinte.

Jeronimo Rodrigues Lopes Junior
Faculdade de Souza Marques

Ao participar do estágio da SOBRAMFA aprendi muito além da arte de cursar medicina, pois observei de perto o verdadeiro significado desta formação. Compreendi a arte da compaixão e do amor ao próximo como também, a importância de saber ouvir o paciente e tratá-lo de forma humana.

Universidade Brasil
Tauany Ferreira Marques

Haverá momentos bons e momentos ruins mas o que você sentir com esse momentos é definira que tipo de medico você será.

Levi de Medeiros Vieira Paradelas
FMJ

Perguntas frequentes

1. Onde é realizado o estágio?

A cada dia da semana você acompanhará um médico da SOBRAMFA num cenário diferente. O objetivo é mostrar diferentes médicos-professores em cenários variados.

2. É Necessário trazer algum material?

Você deverá trazer jaleco ou roupa branca, e poderá utilizar o seu estetoscópio.

3. Qual o horário do estágio?

As atividades iniciam na segunda-feira as 12:30hs. Nos demais dias da semana as atividades acontecem entre 8:00 e 17:00 hs.

4. Eu recebo certificado por realizar este estágio?

Sim, ao término do estágio, após você enviar a sua avaliação (obrigatória) você receberá o certificado de conclusão.

5. Posso fazer o estágio mais de uma vez?

Sim, mediante agendamento o estágio poderá ser realizado quantas vezes forem do interesse do estudante.

6. O estágio da SOBRAMFA serve como Eletivo para a Faculdade de Medicina?

Sim, você pode fazer o estágio conosco em sua época de estágio eletivo.

7. Eu sou brasileiro(a) mas estudo no exterior. Posso participar do estágio?

Sim! Todo estudante de medicina brasileiro pode participar, mesmo que estude fora do país.

No curso de Medicina devemos ser estimulados à humanização do atendimento. O estágio observacional é oportuno e soberano, essencial a formação pois permite o trabalho em equipe com diferentes cenários e pessoas de outras instituições de ensino, enriquecendo a troca de habilidades e vivências pessoais.

Rodrigo Barnabé Rodrigues
UNI-FACEF

Por meio do estágio adquiri uma experiência fantástica no âmbito de comunicação com o paciente, além de que pude ter a certeza que ainda é possível ter uma medicina humana que seja voltada para o paciente como um todo.

Francisco Wellington Lopes Guimarães
Uninta - Sobral / CE

Aprendizado é a palavra chave do estágio, um leque de aprendizado e experiências essenciais para formar um médico humano. Acredito que a faculdade nos faz médicos, mas nem sempre para praticar uma medicina humanistas. São nessas vivências que nossas escolhas se afloram. Vivenciei ao lado de um paciente a alegria e de outro o sofrimento temeroso e no papel exemplar dos médicos da SOBRAMFA a medicina holística sendo exercida. Acompanhar os médicos foi um aprendizado que nenhuma sala de aula iria me proporcionar, recomendo para todos os estudantes de medicina que tiver a oportunidade.

Camila Di Francesco Cocitta
Lusiadas

Quer ver outras opiniões de quem já participou do estágio?

Veja alguns depoimentos que os alunos escreveram ou confira nossa playlist com algumas opiniões no YouTube.

Inscrição

O processo de inscrição acontece em três etapas simples. Clique no botão a seguir para mais informações.