Remédios para "afinar" o sangue?

Você já ouviu falar dos famosos remédios para  “afinar o sangue”?

O mais popular é o AAS (ácido acetilsalicílico), que é um antiagregante plaquetário. Ele é indicado para pessoas que já infartaram ou tiveram um acidente vascular cerebral (derrame) como prevenção secundária (prevenir que aconteça novamente). Entre os anticoagulantes temos, por exemplo,  a warfarina e a rivaroxabana. O primeiro é mais barato e está disponível na rede pública, porém precisa de exames constantes (em geral mensais) para controle. O segundo é mais caro, mas não demanda exames de controle. Eles são indicados, por exemplo, para pessoas com alguns tipos de arritmias.

É importante ter em mente que um não substitui o outro já que cada medicamento atua de forma específica evitando a formação de trombos dentro dos vasos sanguíneos. O recado principal é: quem toma algum desses remédios tem que estar em contato habitual com seu médico, e não deve iniciar, suspender ou modificar a medicação sem antes consultá-lo.

Texto publicado pela revista  Viva Saúde

Por Dra. Laura Bogea Muller