Meu filho chegou com a mão na panturrilha (batata da perna) e me disse: “pai, está doendo”. Perguntei: Você caiu? bateu? torceu? “Não pai, eu e meu amigo subimos os 15 andares do prédio correndo! O que você acha que é, pai?”. Em outra situação recente, uma senhora me disse: “Dr., eu vim para ver se não estou com algum problema grave nas pernas”. O que aconteceu? “Eu estive 20 dias na Europa, visitei 5 países, temperaturas abaixo de zero. Comecei a ter dores nas pernas e as vezes formigamentos. O que pode ser?”. A atividade ou esforço físico exagerados podem levar a dores e câimbras musculares. Em todas as idades, é importante conhecermos nossos limites. A prática de atividade física, musculação, “fazer academia”, para jovens, adultos e idosos, deve levar em conta a aptidão e a idade de cada um. Dores e câimbras persistentes são sinais de que estamos passando nosso limite. É importante avaliação médica e orientação profissional para estas práticas.

 

Texto publicado pela revista Viva Saúde.