Reunião de Raciocínio Clínico

Próxima Reunião


Mulher, 81 anos com confusão mental e icterícia

14 de Junho
de 2022
 19h00

(Via videoconferência)

Image
Image

As Reuniões de Raciocínio Clínico da SOBRAMFA (RRC)  são tão importantes para os acadêmicos como um alicerce é para uma nova construção. As escolas médicas, muitas vezes, com o estrito objetivo de cumprir as diretrizes propostas pelos seus respectivos órgãos reguladores de ensino, acabam deixando, por ora, uma lacuna no que tange o raciocínio clínico que extrapola os limites da fisiopatologia, diagnóstico e tratamento.

As RRC promovem a reflexão dos participantes não apenas na doença que acomete o paciente, mas também levam em consideração o indivíduo que sofre, a família que o acompanha, e todas as implicações que isso traz consigo. Tais reuniões buscam, sumariamente, estruturar o pensamento de um futuro médico ao se deparar com um problema de saúde, o qual é sempre intrinsicamente interligado à história de vida que há por trás dos sinais que percebemos e dos sintomas que nos são relatados.

A troca de experiências é significante durante as reuniões e, do estudante do primeiro ano até o profissional graduado, o aprendizado é notório como apontam alguns testemunhos recolhidos em vinte anos de funcionamento das RRC.

  • “Foi como se estivesse falando para mim mesmo diante de um espelho, pois tanto os médicos quanto os colegas me deixaram numa situação confortável”.
  • Mesmo com uma carga teórica relativamente pequena, fui capaz de expor minhas opiniões e compreender o quanto elas contribuíam para o desenrolar da apresentação”.
  • “Sei que a carreira médica requer preparo teórico e também habilidades de conseguir se expressar de maneira clara, seja para com o paciente, sua família e outros profissionais. Sobretudo, os médicos guiam a discussão de modo que todos, sem exceção, participem”.
  • “Para aqueles que possuem pouca experiência com a prática clínica, é muito importante podermos acompanhar profissionais e aprender com eles como devemos aplicar todo conhecimento teórico fornecido pela faculdade”
  • “É prazeroso, valioso e enriquecedor poder organizar, participar e compreender que o conhecimento pode ser construído de maneira ética, lógica e sensata. Aqueles que desfrutam de tal oportunidade, levam consigo o raciocínio médico, a importância de conhecer e respeitar o seu paciente, aprendem a ouvir e colocar seu ponto de vista, como também ensinar aquilo que se sabe aos interessados. Este é um projeto acadêmico, profissional, de vida”.

Mais informações, descrição teórica e testemunhos podem ser encontrados nestas publicações.